quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Edição de livros teve no Huambo ligeiro aumento

 João Lara, responsável da Brigada Jovem de Literatura no Huambo

Um total de seis livros de autores do Huambo foi publicado este ano na província, mais dois do que no ano anterior, o que revela um ligeiro aumento da produção literária nesta região.

O responsável da Brigada Jovem de Literatura no Huambo, João Lara, disse que, além destas novas obras novas, foram reeditados, ao longo do ano, dois livros de escritores locais.

Balduíno Fio, Atanagildo Paulo, Gregório Utingolua, Isaac José, Filipe Olímpio e Abílio Jamba foram os escritores que novos livros, ao passo que Jucas dos Santos e Augusto Sapengo reeditaram os seus trabalhos.


João Lara garantiu que a província do Huambo pretende recuperar o prestígio literário granjeado noutros tempos e felicitou, por isso, o trabalho dos escritores locais que, do seu ponto de vista, demonstram preocupação com a qualidade das obras e profundidade na abordagem dos assuntos que retratam.


Este é um ano positivo para a literatura na província do Huambo, uma vez que houve um ligeiro aumento de obras publicadas. Os escritores locais estão a investigar e isso reflecte-se na qualidade do produto final”, considerou responsável da BJLA no Huambo.

João Lara pediu mais apoios financeiros, para que no próximo ano a produção literária continue a aumentar.


in Jornal de Angola de 28.11.2013

Sem comentários:

Publicar um comentário