quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Finalistas do Instituto Superior Politécnico iniciam defesas de monografia


Cento e 68 finalistas dos cursos de saúde, engenharia informática e computadores, electrónica e telecomunicações do Instituto Superior Politécnico da Universidade José Eduardo dos Santos (UJES) no Huambo iniciaram hoje, terça-feira, a defesa de monografia, após cinco anos de formação.

Dos finalistas que estão apresentar os seus trabalhos diante de um júri, 114 são do curso de saúde, nas áreas de enfermagem geral, electromedicina e analises clínicas, ao passo que os restantes 54 especializaram-se em engenharia electrónica e telecomunicações, bem como em engenheira informática e computadores.
O chefe do departamento das engenharias do Instituto Superior Politécnico, Felisberto Francisco Fato, disse que a pré-defesa é uma forma de os estudantes demonstrarem publicamente os conhecimentos adquiridos na formação.
O académico referiu que as monografias apresentadas até ao momento pelos finalistas realçam a metodologia de ensino da Universidade José Eduardo dos Santos, tendo em conta o seu rigor científico.
Felisberto Fato explicou que as defesas de licenciatura dos 168 estudantes, actualmente em trabalhos de pré-defesas, terão início no dia 3 de Dezembro.
 O Instituto Superior Politécnico do Huambo, em funcionamento desde 2009, conta com uma população discente calculada em 1.650, distribuídos pelos cursos de enfermagem geral, análises clínicas, electromedicina, informática, electrónica e telecomunicações, arquitectura e engenharia civil.
As aulas na instituição, com 52 salas, uma biblioteca, quatro salas de informática, laboratórios de electrónica e engenharia, são asseguradas por 82 docentes, a maioria cubanos.
in ANGOP de 13.11.2013



Sem comentários:

Publicar um comentário