quarta-feira, 26 de Setembro de 2012

Instituto Superior Lusíadas abre em 2013


O Instituto Superior Politécnico Lusíadas do Huambo, que emerge da Universidade Lusíada do Lobito (Benguela), vai entrar em funcionamento no próximo ano lectivo, estando neste momento criadas as condições necessárias para o efeito.
 
A confirmação foi à imprensa pelo director geral da Lusíadas, Albertino Sebastião, informando que a instituição vai, numa 1ª fase, funcionar nas instalações da Faculdade Adventista de Teologia, e ministrará cursos de licenciatura nas especialidades de Arquitectura, Engenharia de Gestão Industrial, Gestão de Recursos Humanos e Psicologia Clínica.
 
Informou que o Instituto Superior Politécnico Lusíadas do Huambo foi aprovado pelo Conselho de Ministros pelo Decreto Presidencial 168/12 publicado em Diário da República no dia 24 de Julho.
 
Explicou que apesar da instituição advir da Universidade do Lobito, na província de Benguela, região 2, a mesma será autónoma, pois, ao abrigo do decreto 90/09 do Ministério do Ensino Superior, as instituições universitárias em cada uma das regiões devem ter autonomia local.
 
Estão reunidas as condições para esta região. Terá autonomia e espaço próprio e desenvolverá as suas actividades docente-educativas dentro dos padrões da Lusíadas em Angola”, garantiu o director geral da Lusíadas que, mais adiante, apontou o mês de Outubro como sendo a data da abertura das inscrições preliminares dos candidatos.
 
Na província do Huambo, antigo centro académico angolano, estão em funcionamento o Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED), as Faculdades de Medicina, de Ciências Agrárias (FCA), de Direito, Economia, Medicina Veterinária e o Instituto Superior Politécnico, além de dois institutos superiores politécnicos privados.
 
O ISCED, com nove cursos de licenciatura, e o Instituto Superior Politécnico, com seis cursos, são as instituições de maior referência universitária por absorverem, todos os anos, maior número de estudantes.
in ANGOP de 26.09.2012

Sem comentários:

Enviar um comentário