sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Caála ambiciona pódio no Girabola2012


Moisés Feliciano, vice presidente do Recreativo da Caála

O vice-presidente desportivo do Recreativo da Caála, Moisés Feliciano, informou que a estratégia para melhorar o 4º lugar do Girabola 2011 passa por vencer os jogos em casa e obter maior número de pontos possíveis no reduto dos adversários.

Apesar de antever uma competição bastante equilibrada e difícil, a julgar pelos investimentos que as equipas fizeram no reforço dos plantéis, o dirigente do único representante da província do Huambo no Girabola mostra-se optimista.

Frisou que o plantel desta época está mais forte e tem opções em todos os sectores, faltando só ganhar o entrosamento necessário e consolidar as estratégias técnicas e tácticas a utilizar ao longo da temporada.

“Vamos disputar 15 jogos em casa e precisamos vencer todos. Se conquistarmos esses pontos (45) e vencermos outros seis em casa dos adversários já vamos fazer a diferença”, avaliou o vice-presidente desportivo do Recreativo da Caála.

O conjunto deu início esta segunda-feira, no estádio dos Kurikutelas, casa emprestada, a derradeira fase de preparação, após cumprir um mês de estágio em Portugal.

Em terras lusas, o Recreativo da Caála realizou sete jogos de controlo com equipas locais da 1ª, 2ª, 3ª e 4ª divisões, além de ter defrontado também o vice-campeão da China. Os caalenses venceram (2-0) o Atlético de Lisboa, empataram contra o Tourreense (1-1), Sourense (2-2), Mafra (2-2) e perderam com a União de Leiria (4-0), Tondela (4-3) e Beijing Guoan (2-0).

O Recreativo da Caála, que na jornada inaugural, prevista para 3 de Março, defronta o Atlético do Namibe, em casa deste, vai disputar na 1ª volta oito dos 15 jogos no seu reduto.

in ANGOP de 24.02.2012

Sem comentários:

Publicar um comentário