segunda-feira, 25 de março de 2013

Arborização da cidade será feita em cinco fases distintas



A arborização da cidade do Huambo, cujo plano foi apresentado, será feita em cinco fases distintas, a primeira das quais, que já está concluída, consubstanciou-se no levantamento e diagnóstico dos elementos arbóreos.

A directora técnica e comercial da empresa privada Ecovisão, Susana Palminha, explicou à Angop, durante a apresentação do plano, que a implementação das quatro fases subsequentes aguarda pela aprovação do governo provincial.

Deu a conhecer, porém, que o processo de reflorestamento de arruamentos vai obedecer a três etapas e que a 1ª faz parte da segunda fase do cronograma de acções e será feita em simultâneo com o início da estratégia de comunicação.

Referiu que ao longo da execução do plano de arborização será construído um viveiro de plantas, visando reduzir os custos decorrentes da importação de árvores e serão ainda realizadas acções formativas voltadas à educação ambiental.

Informou que depois de cumpridas as cinco fases de execução deste mesmo plano, a cidade do Huambo, capital da província com o mesmo nome, poderá transformar-se numa vanguarda sustentável.

Disse que a elaboração do plano de arborização teve como objectivo caracterizar o espaço urbano da cidade, bem como o elenco arbóreo ornamental existente, estabelecer directrizes para o correcto manuseamento e manutenção das árvores, relacionar a árvore com outros elementos urbanos, estabelecer usos adequados para o elenco arbóreo, estabelecer programas formativos no âmbito da educação ambiental e, ainda, definir directrizes para a construção de um viveiro municipal.
in ANGOP de 25.03.2013

Sem comentários:

Publicar um comentário