quinta-feira, 21 de março de 2013

Caála promove campanha de cadastramento de terapeutas tradicionais



A administração municipal da Caála (Huambo) promove o cadastramento de terapeutas tradicionais da região, de formas a exercerem as suas funções de forma legal e contribuírem no combate à mortalidade no seio das comunidades.
 
O chefe de secção da juventude, cultura e desporto, Joaquim Wanacambi Itepo, revelou que foram já cadastrados entre Janeiro a Março deste ano 20 terapeutas tradicionais.
 
Joaquim Wanacambi Itepo informou que a administração municipal da Caála quer o controlo eficiente dos terapeutas tradicionais e ter conhecimento claro das suas actividades, bem como avaliar a veracidade do trabalho feito, para evitar distúrbios sociais e o empobrecimento dos valores morais.
 
Não queremos terapeutas mentirosos e simplesmente negociantes, pretendemos terapeutas responsáveis e conhecedores das suas práticas medicinais”, explicou o responsável.
in ANGOP de 21.03.2013

Sem comentários:

Publicar um comentário