quinta-feira, 28 de março de 2013

Instituto Superior Sol Nascente abre ano académico com 750 estudantes


O Instituto Superior Politécnico Sol Nascente (ISPSN) abriu, na cidade do Huambo, o ano académico com 750 estudantes matriculados em 10 especialidades.

Trata-se dos cursos de direito, sociologia, história, ciências políticas e relações internacionais, economia, contabilidade, gestão de recursos humanos, informática e enfermagem.

Em declarações à imprensa, o decano do Instituto Superior Politécnico Sol Nascente, David Bóio, assegurou que a direcção da instituição vai manter a aposta no domínio da investigação científica dos docentes e discentes das províncias do Huambo e do Bié, regiões onde está implementada, por forma a melhorar a qualidade de ensino e aprendizagem.
  
Na sua intervenção, David Bóio afirmou que este processo de preservação de conhecimento deve ser feito localmente e internamente através da investigação científica, razão pela qual a instituição vai manter-se empenhada na promoção da pesquisa e da investigação científica por parte de professores e estudantes.

A cerimónia contou com a presença do vice-reitor para os assuntos científicos da Universidade José Eduardo dos Santos (UJES), António Eduardo, membros de partidos políticos com assento no Parlamento, entidades eclesiásticas, decanos das diversas instituições do ensino público e privado, docentes e estudantes.

A província do Huambo conta com o Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED), as Faculdades de Medicina, de Ciências Agrárias (FCA), de Direito, Economia, Medicina Veterinária e o Instituto Superior Politécnico (públicos) afecto a Universidade José Eduardo dos Santos, para além de três Institutos Superiores Politécnicos Privados.
in ANGOP de 28.03.2013

Sem comentários:

Publicar um comentário