sexta-feira, 22 de março de 2013

Implementação do plano de arborização da cidade aguarda aprovação do governo



O plano de arborização da cidade do Huambo foi apresentado a entidades da sociedade civil, com a finalidade de o enriquecerem com mais ideias, mas a sua implementação vai depender da aprovação dos membros do governo da província.
 
A directora do ordenamento do território, urbanismo e ambiente, Ana Paula de Carvalho, informou, durante o acto de apresentação, testemunhado pelo vice-governador para os serviços técnicos e infra-estruturas, Kalunga Francisco Zage Kissanga, que este plano caracteriza e propõe soluções de florestação e reflorestação para o centro da cidade projectada e planeada.
 
Referiu que surge enquadrado na legislação angolana vigente, nomeadamente na lei de bases do ambiente, em que os princípios gerais aludem ao direito de viver num ambiente sadio e aos benefícios da utilização racional dos recursos naturais.
 
Para que este plano tenha êxito, a directora provincial do ordenamento do território, urbanismo e ambiente explicou que estão a ser criados os instrumentos de funcionamento que permitam a criação de condições institucionais favoráveis para que possa ter os apoios necessários na sua fase de implementação.
 
Realçou ainda que a preservação dos recursos naturais obriga que se conheçam, de forma redutora, as características da envolvente da cidade, facto que permitirá o espaço urbano se sobrepor a paisagem existente, procurando estabelecer relações de equilíbrio ecológico e minimizando os impactos negativos decorrentes das actividades humanas.
 
A apresentação do plano de arborização urbana, designado por Huambo: a vanguarda da sustentabilidade, inseriu-se nas comemorações do Dia Mundial da árvore e das florestas.
in ANGOP de 22.03.2013

Sem comentários:

Publicar um comentário