sexta-feira, 15 de março de 2013

Funcionários públicos em seminário sobre finanças



Trinta funcionários públicos e do sector privado dos municípios do Longonjo, Huambo e Caála, participam a partir de hoje, numa acção formativa sobre administração e finanças públicas, inserido no Projecto de Desenvolvimento Sustentável Local.

O Projecto de Desenvolvimento Sustentável Local está a ser implementado pela ong angolana Associação de Desenvolvimento e Enquadramento Social da População Vulnerável (Adespov), em parceria com a ONG Visão Mundial e financiado pela Comunidade Europeia.

Durante dois dias, os participantes vão aprimorar, igualmente, conhecimentos sobre o Orçamento Geral do Estado e sua estrutura, fundamento de elaboração, classificação orçamental, técnica de elaboração, gestão, avaliação de projectos, instruções para a elaboração e metas orçamentais.

Serão também abordadas matérias relacionadas com as receitas e despesas públicas, racionalização, controlo, fontes de recursos, administração pública, pauta deontológica do servidor público, regime disciplinar, legislação sobre as faltas, férias e licenças.

Durante a formação, que está a realizar-se na cidade da Caála, os técnicos da administração poderão analisar também a legislação sobre o HIV/SIDA e emprego, bem como sobre a administração pública e petições.

Na ocasião, o director da ADESPOV na província do Huambo, Julião Agostinho, defendeu, que nesta fase em que o país se mobiliza para o desenvolvimento socioeconómico, todos os agentes públicos e privados precisam ter um compromisso sério nos locais de trabalho.

"O país exige de todos nós um compromisso sério neste processo de desenvolvimento", afirmou o director da ADESPOV da província do Huambo, Julião Agostinho.
in ANGOP de 15.03.2013

Sem comentários:

Publicar um comentário