sexta-feira, 25 de maio de 2012

Direcção da saúde analisa casos suspeitos de sarampo no Mungo


Uma equipa de técnicos da direcção provincial da saúde e da representação local da organização mundial da saúde trabalhou esta quarta-feira no município do Mungo, 150 quilómetros a norte da cidade do Huambo, para confirmar as suspeitas do alegado surto de sarampo.

Após observarem os doentes, o supervisor provincial de vigilância epidemiológica, Isaac Cassenje, que chefiou a equipa dos técnicos sanitários, disse, em declarações à Angop, ser ainda prematuro afirmar que os 27 casos diagnosticados são realmente de sarampo.


As autoridade tradicionais locais denunciaram a existência, no sector de Chango, de um surto de sarampo. Achamos que não é verdade, uma vez que para se chegar a esta conclusão precisa-se de uma confirmação laboratorial dos resultados”, informou.

Isaac Cassenje disse terem recolhido amostras, em cada um dos doentes, que serão submetidas ao laboratório para determinar o tipo de doença, mas garantiu não haver, por enquanto, motivos para alarmar os habitantes do sector de Chango.

Realçou que enquanto se aguarda pelos resultados, as autoridades sanitárias do município continuarão a prestar a assistência médica e medicamentosa aos doentes com suspeita de sarampo para que o estado de saúde destas não piore.

in ANGOP de 25.05.2012

Sem comentários:

Publicar um comentário