sexta-feira, 18 de maio de 2012

Responsável apela à conservação de artefactos culturais


O director provincial do museu do Huambo, Venceslau Cassessa, apelou nesta quarta-feira, à população do município do Longonjo, a conservar o património cultural e da memória colectiva para o bem histórico do povo angolano.

O apelo foi feito durante uma palestra realizada na sede comunal do Lépi, município do Longonjo, província do Huambo, em saudação as comemorações do dia internacional dos museus, a assinalar-se esta sexta-feira, 18 de Maio.

Segundo o responsável, a conservação dos artefactos culturais deve ser da responsabilidade de toda população, agentes culturais e estudantes que devem partilhar das experiências neste sentido, e permitir manter vivo o património histórico-cultural dos angolanos.


"Devemos conservar o que temos porque faz parte da nossa história, testemunho que se reverterá na criação da nossa história e nos factos para as gerações vindouras", acrescentou o director do museu do Huambo.

Na oportunidade, Venceslau Cassessa anunciou existir um programa para a expansão de museus e bibliotecas a nível dos municípios e comunas da província, sendo importante a conservação dos artefactos ao nível de toda a província.

O sector da cultura no município do Longonjo, 64 quilómetros a oeste da cidade do Huambo, controla 14 locais históricos.

in ANGOP de 18.05.2012



Sem comentários:

Publicar um comentário