quinta-feira, 17 de maio de 2012

Governador exorta população a abster-se da auto-medicação


O governador da província do Huambo, Fernando Faustino Muteka, exortou esta terça-feira, a população do município do Ecunha, 45 quilómetros da cidade do Huambo, a abster-se da prática de auto-medicação.

O governante, que falava à imprensa durante um acto de massas realizado à margem da reinauguração do centro materno infantil, justificou que tal acção só tende a atrasar o tempo que levaria os cidadãos a recorrerem para as unidades hospitalares.

Apelou, por esta razão, os munícipes a procurarem os postos de saúde, centros médicos e hospitais tão logo manifestem sintomas de uma determinada doença, ao invés de optarem pela auto-medicação, que muitas vezes resulta em fatalidades.

Faustino Muteka repudiou também o facto de muitos cidadãos recorrerem constantemente a curandeiros e a unidades sanitárias privadas, cujos técnicos não possuem formação para exercerem tal actividade.


Angola já perdeu muito dos seus filhos durante o conflito armado, agora o governo tem vindo a traçar estratégias para a melhoria das unidades sanitárias nas localidades por formas a não morrer mais gente por falta de assistência”, lembrou aos presentes.
in ANGOP de 17.05.2012

Sem comentários:

Publicar um comentário