quinta-feira, 31 de maio de 2012

Escritor realça valor da literatura no processo de educação cívica


O escritor angolano João Lara realçou hoje, quarta-feira, nesta cidade, o valor da literatura no processo de educação cívica dos cidadãos, tendo, por esta razão, defendido a necessidade dos pais incentivarem os seus filhos a terem o gosto pela leitura.

Em declarações sobre a importância dos livros, o autor da obra
A gravidez do pôr-do-solafirmou que o crescimento e o desenvolvimento académico de qualquer país passa necessariamente pela investigação literária do seu povo.

João Lara, que também é o secretário da brigada jovem de literatura no Huambo, considerou que a literatura no contexto geral tem contribuído de forma directa no processo de resgate dos valores morais, cívicos e patrióticos, assim como no desenvolvimento intelectual dos leitores.

Reconheceu também que actualmente ainda é baixo o número de pessoas que têm o gosto pela leitura, e anunciou para a breve a realização, numa parceria entre a brigada jovem de literatura e a direcção da educação, de uma campanha massiva de incentivo ao gosto pela leitura nas escolas da província do Huambo.

Disse que tal campanha, que decorrerá sob o lema
literatura a caminho das escolas”, visa elevar o nível de conhecimento dos estudantes sobre a importância dos livros para a sociedade.

Anunciou ainda a publicação, em Setembro deste ano, de uma antologia literária com participação de 60 membros da brigada provincial de literatura, intitulada
O germinal das letras no chão fértil do tempo”.
in ANGOP de 31.05.2012

Sem comentários:

Publicar um comentário