sexta-feira, 25 de maio de 2012

Hospital regista diminuição de doentes com tuberculose


O hospital sanatório do Huambo registou nos primeiros três meses deste ano 184 novos casos de tuberculose, quando em idêntico período do ano anterior tinha diagnosticado 219.

Os dados foram divulgados pelo director da unidade hospitalar, Pedro Herculano, tendo explicado que entre os doentes constam alguns provenientes das províncias limítrofes do Bié, Kwanza Sul, Benguela e Huíla.

Embora desconheça as razões que estão na base desta tendência de diminuição de doentes com tuberculose, o director do hospital sanatório lamentou o facto de ao longo do período em balanço terem registado 33 mortes, menos uma que as ocorridas entre Janeiro e Março de 2011.

Deu a conhecer que estes 184 novos casos resultam de 414 exames efectuados aos pacientes que recorreram ao banco de urgência da unidade hospitalar apresentado sintomas da doença.

Pedro Herculano realçou que maior parte dos casos diagnosticados são de natureza pulmonar e associadas ao Vih/Sida.

Informou que diariamente são atendidos, no banco de urgência do hospital sanatório, entre 20 a 40 pacientes, estando actualmente internados 125 doentes.

O hospital sanatório, considerada maior unidade sanitária nesta província vocacionada ao tratamento da tuberculose, possui 200 camas e o seu normal funcionamento é assegurado por 192 trabalhadores, seis dos quais médicos, 92 enfermeiros e os restantes administrativos e auxiliares de limpeza.

in ANGOP de 25.05.2012

Sem comentários:

Publicar um comentário