quarta-feira, 30 de maio de 2012

FAO apresenta projecto sobre diagnóstico de sistemas agrários na Caála


O Fundo das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) apresentou hoje, na cidade da Caála, 23 quilómetros a oeste da cidade do Huambo, o projecto sobre diagnóstico de sistemas agrários neste município, para servir de apoio às instituições governamentais no tocante ao fomento do desenvolvimento socioeconómico da municipalidade.

O projecto, a ser implementado durante três meses, visa promover o melhoramento da gestão da posse e administração da terra, bem como outros recursos naturais para o bem-estar da população.

De acordo com o coordenador do projecto de terra do FAO no Huambo, Francisco Carranza, este projecto irá elaborar um documento com informações sobre o sistema agronómico das famílias camponesas, o aspecto social e outras acções da actividade agrícola na comunidade rural.

Neste diagnóstico de sistemas agrários, os técnicos agrários poderão metodicamente analisar a situação biofísica, história agrária, as mulheres camponesas no campo, os recursos naturais e agro-ecológicos e técnico-económico durante o percurso investigativo do projecto que estender-se-á ao município do Bailundo, a 75 quilómetros a norte da cidade do Huambo.

O administrador adjunto para os assuntos económicos da administração da Caála, Bento Sandulo, prometeu cooperar com o FAO para atingir os seus objectivos nesta circunscrição, através do acompanhamento das actividades de índole agrária.

Bento Sandulo apelou às famílias camponesas e os fazendeiros a criar condições de recepção dos técnicos agrários para melhorar as técnicas produtivas de acordo com as ferramentas científicas que visam o aumento da produtividade.

No encontro da apresentação do diagnóstico dos sistemas agrários participaram 35 membros de associações de camponeses, chefes de repartições da administração da Caála e representantes de organizações não governamentais que operam neste município.

in ANGOP de 30.05.2012

Sem comentários:

Publicar um comentário