sexta-feira, 19 de abril de 2013

Agrónomos da CPLP abordam perspectivas do desenvolvimento da pecuária em Angola



A Associação de Ensino Superior de Ciências Agrárias dos Países de Língua Portuguesa (ASSSCA-PLP) está a analisar, na cidade do Huambo, as perspectivas do desenvolvimento e constrangimentos da pecuária em Angola e a importância da gestão florestal na segurança alimentar.
 
Reunidos desde quarta-feira no I Simpósio da Associação do Ensino Superior de Ciências Agrárias dos Países de Língua Portuguesa (ASSESCA-PLP), está prevista também para hoje sessões de comissões do sector agro-industrial e pedagógico.
 
No primeiro dia, os participantes debruçaram-se sobre O Papel das Florestas na Mitigação da Pobreza nas Áreas Rurais do Huambo, Principais Problemas da Agricultura Familiar no Mundo e sua Incidência em Angola, bem como Perspectivas dos Camponeses sobre a Evolução da Agricultura.
 
O simpósio, que decorre na Faculdade de Ciências Agrárias, na localidade de Chianga (arredores da cidade do Huambo), encerra sexta-feira, após a abordagem de assuntos ligados aos Desafios de Investigação Agrária em Angola e Mecanismos de Acesso ao Financiamento de Projectos de Investigação Agronómica.
 
O evento, uma organização conjunta da Faculdade de Ciências Agrárias (FCA) da Universidade José Eduardo dos Santos (UJES) e o Instituto Superior Politécnico do Kwanza Sul, junta técnicos agrónomos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Bissau, Macau, Moçambique, Portugal, Timor Leste e de São Tomé e Príncipe.

in ANGOP de 19.04.2013

Sem comentários:

Publicar um comentário