quinta-feira, 18 de abril de 2013

Autoridades sanitárias em campanhas de sensibilização contra schistosomiáse



As autoridades sanitárias do município da Caála, província do Huambo, estão a levar acabo há dois dias uma campanha de sensibilização das populações, nas comunas de Catata e Cuima sobre as medidas preventivas da doença da schistosomiáse, de forma a se reduzir a proliferação nas comunidades.
 
O facto foi avançado pelo chefe de repartição da saúde do município da Caála, Albino Ndumbi Ernesto. Informou que a campanha de sensibilização está a consistir na transmissão dos métodos preventivos simples, o uso da água tratada e difusão dos riscos que a doença representa para o ser humano
 
Referiu que as equipas continuam a trabalhar na identificação de novos casos, mas pode se registar novos casos, porque as populações consomem água contaminada pelos caracóis, causadores da doença da chistosomiáse.
 
No quadro do melhoramento das condições de vida das populações, propomos as administrações nos próximos projectos incluir a abertura de furos e melhorar os fontanários para fornecer água potável às populações e evitar doenças nas comunidades”, disse.
 
Realçou que as pessoas com a doença de shistosomiáse estão a receber tratamento no hospital municipal da Caála, sem causar perda de vidas humanas.
 
A schistosomiáse, também conhecida como bilharziose ou febre do caracol, é uma doença parasitária que atinge essencialmente o sistema urinário dos homens, tendo já diagnosticados 52 casos nas comunas de Catata e Cuima.

in ANGOP de 18.04.2013


Sem comentários:

Publicar um comentário