terça-feira, 16 de abril de 2013

IFAL pretende continuar a valorizar os recursos humanos


O centro regional do Instituto de Formação da Administração Local (IFAL), que abrange as províncias do Huambo, Bié e Kuando Kubango, vai continuar, este ano, a apostar na valorização dos recursos humanos nacionais, dando aos mesmos formação para melhor exercerem suas actividades.

A notícia foi avançada pelo coordenador da comissão instaladora do centro, Aniceto Novais, tendo sublinhado que o desafio  resulta do facto do IFAL reconhecer que os recursos humanos são um factor determinante para o desenvolvimento do país.

Ao falar sobre as perspectivas da instituição, que entre Fevereiro e Março deste ano deu formação a 1.740 funcionários públicos das administrações municipais das províncias do Huambo, Bié e do Kuando Kubango, Aniceto Novais salientou ser objectivo do IFAL dar respostas às necessidades formativas dos 29 municípios destas três províncias.

Disse que vão também ajudar as administrações municipais na identificação de outras acções formativas, além das que são actualmente ministradas, saber o número total de quadros das administrações e onde estão, assim como conhecer o perfil de cada um deles.

Aniceto Novais referiu ainda que as formações do centro regional do IFAL centram-se em matérias ligadas às actividades e procedimentos administrativos, elaboração de documentos administrativos, gestão de documentação e arquivos, contratos administrativos, gestão de recursos humanos, protocolo e relações públicas, liderança e gestão de equipas, receitas locais, gestão e fiscalização de mercados.

in ANGOP de 16.04.2013

Sem comentários:

Publicar um comentário