segunda-feira, 22 de abril de 2013

Saúde vai intensificar acções para impedir surgimento de um surto de cólera



A direcção da saúde no Huambo vai intensificar as acções de prevenção, sobretudo nos municípios limitrofes com a vizinha província de Benguela, para impedir o surgimento de um surto de cólera.

A informação foi prestada sábado, na vila municipal do Chinjenje, a 118 quilómetros a oeste da cidade do Huambo, pelo chefe do departamento de assistência médica da direcção provincial da saúde, Cesário Sapalo, tendo salientado que os casos de cólera registados recentemente em Benguela obrigam o redobrar de acções preventivas.

Disse estarem previstas, para o efeito, a realização de feiras de saúde, palestras e campanhas de sensibilização para que os populares estejam informados sobre as medidas de preveção da cólera.

Estamos a realizar a feira da saúde no município do Chinjenje, não somente para oferecer os serviços normais de saúde, mas também para sensibilizar os municipes acerca da cólera, por ser o município fronteiriço com a província de Benguela, com registos de surtos desta patologia nos últimos dias” disse.

O chefe do departamento de assistência médica da direcção provincial da saúde deu a conhecer que todas as unidades sanitáras da província do Huambo estão equipadas com meios de bio-segurança, medicamentos principais, entre os quais soro hidradante, para dar resposta a eventuais casos de cólera que possam surgir.

Quanto ao surto de Chistosomiase registado na povoação do Ngove, municipio da Caála, a 120 quilómetros a sul da cidade do Huambo, Cesário Sapalo informou que a direcção da saúde já dispõe de um programa ambiental de combate a esta epidemia.

in ANGOP de 22.04.2013

Sem comentários:

Publicar um comentário